A SUCESU – inicialmente denominada Sociedade de Usuários de Computadores e Equipamentos Subsidiários – foi uma das primeiras entidades do setor de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) no Brasil, fundada em 1965 por um grupo de usuários que se reunia para debater e buscar soluções para problemas comuns em conjunto.

A SUCESU – Sociedade de Usuários de Tecnologia – é uma sociedade civil sem fins lucrativos e sem caráter político-partidário, de representação política dos seus associados e de coordenação, promoção, execução e indução de atividades no setor de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação). Atualmente a SUCESU é a maior e mais experiente entidade brasileira do setor. Com sede em Brasília, conta hoje com, aproximadamente 14 Regionais5.000 associados entre Pessoas Físicas e Jurídicas, agregando aproximadamente 100 mil usuários.

Seus principais objetivos são:

  • Defender os direitos dos usuários;
  • Difundir ideias que sejam do interesse dos associados;
  • Representar politicamente todos os integrantes da entidade,
  • Representar empresas e profissionais do setor de Tecnologia;
  • Promover e colaborar no desenvolvimento do setor de Tecnologia;
  • Realizar e estimular debates técnicos e políticos;
  • Promover a absorção e divulgação de tecnologias relacionadas à Tecnologia;
  • Interagir com entidades especializadas, objetivando a definição e atribuição de padrões técnicos de normalização e de controle de qualidade.

Missão

Promover o relacionamento entre a comunidade de tecnologia no Brasil, contribuindo para o seu desenvolvimento.

Diretrizes de atuação

  • Participação ativa em estudos, pesquisas e debates;
  • Facilidade de acesso às autoridades e espaço na mídia;
  • Representação dos associados em conselhos, fóruns, câmaras e grupos de caráter estratégico;
  • Coordenação e desenvolvimento de eventos apontando para novos rumos tecnológicos;
  • Defesa do associado contra práticas nocivas de mercado;
  • Qualidade do mercado de trabalho e do entendimento entre capital e trabalho;
  • Busca da convivência harmônica entre agentes da comunidade;
  • Compreensão de novos cenários e identificação de nichos mercadológicos;
  • Desenvolvimento de novos métodos e processos.

A SUCESU tem se integrado ativamente em importantes lutas na história da TIC brasileira, tais como:

  • Implantação da Lei de Software;
  • Acompanhamento do II Planin;
  • Fim da reserva de mercado;
  • Redução da carga tributária setorial;
  • Definição de política de capacitação de recursos humanos;
  • Estabelecimento de diretrizes e novas políticas de desenvolvimento do setor;
  • Mediação de conflitos de interesse entre usuários e fornecedores;
  • Indução a criação de pólos de informática e telecomunicações;
  • Interiorização do desenvolvimento da informática e das telecomunicações.

A SUCESU participa(ou) dos seguintes colegiados:

  • Conselho Nacional de Informática (CONIN)
  • Câmaras Setoriais de Informática
  • Federação Latino-Americana de Informática (FLAI)
  • International Federation for Information Processive (IFIP)
  • Conselho Nacional do Sebrae
  • Comitê Gestor da Internet no Brasil
  • Conselho Deliberativo do SOFTEX-RECIFE
  • Comitê de Defesas dos Usuários da ANATEL